50 tons mais escuros | #EuFalida|

"No Rules, no Punishment and no more secrets."

Ontem eu assisti ao polemico "50 tons mais escuros" e vim aqui correndo  contar pra vocês minha opinião.
Ja avisando que vai ter alguns spoilers pra quem não leu os livros.São leves mas vai ter.













O filme ja começa com um pesadelo do Christian ( ponto pra quem enfim usou essas cenas ). 
Logo após a cena do pesadelos temos uma breve introdução de como anda o casal mais problemático que você respeita.
Ana está mais confiante e sexy em seu novo emprego e Christian querendo sua amada de volta.
Os dois se encontram na exposição de fotos do Amigo da Ana , que eu acho que é José. 
De lá saem para jantar, só jantar porque a ANA ta com fome.
Nesse jantar eles" renegociam" os termos , na verdade eles param com termos e decidem tentar um relacionamento baunilha.
Logo no começo do filme também temos o novo chefe da Ana , que meu DEUS do céu , MÓ SAPÃO , o muié pra ser rodeada de homem bonito .
Também vemos Leila , responsável pelos tons mais escuros  e a Sra.Robinson.

          
[Admirem esse homem comigo.Seria ainda mais bonito se não fosse um cretino.]
Após esses personagens introduzidos na historia uma enxurrada de coisa acontece de forma BEM rápida.
Eu não sei se é porque eu viajei lendo o livro mas eu achei o filme ridiculamente curto perto do que ele poderia ter sido.
Não me importaria de ter ficado mais tempo assistindo só para ver a essência do livro nas telonas.
                                     

Minha Humilde opinião 


Eu gostei do filme ?Eu gostei do filme pra ca***
Porém, ainda acho que eles pecaram na produção do filme.
O Sr.Grey obviamente mostrou ao mundo que não é só um rostinho bonito preso num corpo incrivelmente sexy e cheeio da grana que eventualmente gosta de fazer as molié sofrer pra sentir prazer. 
Ele estava mais romântico , mais sexy com aquela barba ,FOCA NAQUELA BARBA MEU SENHOR JESUS AMADO ,e estava bem menos mandão.


Nessa cena eu gostaria de estar igual a Ana , mas na verdade eu estava assim:



Ele colocou a Anastásia em um pedestal e se mostrou submisso a ela. Ficando disposto a abandonar o sadismo para viver um amor de verdade.
Porém , se você leu o livro sabe que  lá ele está ainda mais romântico que no filme.
Senti falta de ver a Ana e Ele sofrendo a falta um do outro no inicio da historia . Acho que ficaria mais realista se tivessem colocado a sofrência dos dois antes. 
O começo ficou muito "Oi?" , na minha opinião.
Eu queria ele dizendo isso :

"Estes últimos dias têm sido um inferno. Todos os meus instintos me dizem para deixar você ir, que eu não mereço você. Eu vejo sua dor. E é difícil saber que fui eu que fiz você se sentir assim. Mas eu sou um sujeito egoísta. Eu quis você desde que caiu em meu escritório. Você é delicada, honesta, afetuosa, forte, inteligente, inocente de um modo sedutor; a lista é interminável. Você me deixa bobo. Eu quero você, e a ideia de que outra pessoa possa possuir você é como uma faca perfurando minha alma."

Ao invés de : "Eu quero você de volta " (algo assim que ele disse no filme)
O filme ficou BEM mais leve que o primeiro, eu ri HORRORES em muitas partes o que foi um ponto positivo, apesar de não ser uma comédia romântica.


Havia duas cenas que eu estava MORRENDO de medo de eles cagarem no filme ou cortarem fora , porque eles sempre fazem isso. Pra minha sorte elas apareceram , pro meu azar não foi como era pra ser.
A primeira delas é a hora em que o Christian faz a linha subimissa com a Ana .Gente , eu chorei lendo a cena pra chegar na hora do filme não ser da forma como eu sonhei. O povo da sessão  riu da cena, tipo , ninguém entendeu a cena , deu vontade de bater em todo mundo haha
Ta certo que não foi dramática como eu pensei mas nada me impediu de chorar.


Ele corre o olhar ao redor da sala, agitado. Procurando por inspiração? Por intervenção divina? Não sei.
– Você não pode ir. Ana, eu amo você!
– Eu também amo você, Christian, é só que…
– Não… não! – diz ele, desesperado, e leva as mãos à cabeça.
– Christian…
– Não – sussurra ele, os olhos arregalados de pânico, e, de repente, ele está de joelhos diante de mim, a cabeça abaixada, as mãos espalmadas nas coxas. Ele respira fundo e não se move.”

Faltou aquele desespero do Christian, a entrega e todo aquele sentimentalismo da cena.
O que é uma pena  já que essa era uma das cenas que eu MAIS queria ver.
A outra cena aconteceu mais ou menos como eu imaginei, eles quase acertaram.
A cena é a quela do quarto de rosas. Eu chorei assistindo essa parte e eu não sei se foi a gritaria da sessão que me impediu de ouvir mas tenho 99% de certeza que ele não falou a ultima frase.



"- Você queria corações e flores,- ele murmura.
Eu pisco para ele, sem acreditar muito no que eu estou vendo.
- Você tem meu coração.”

Eu acho que faltou mais romantismo no filme.Aquele que tem no livro sabe ?
Tipo ,eles fizeram de forma bem superficial , mais uma vez, fazendo com que a historia ficasse No sense sendo um prato cheio pra mimimi.
Mesmo assim eu gostei bastante do filme, a trilha sonora é do caraleo ,desculpe a palavra mas é o que resume bem o meu sentimento.
O Sr.Grey estava  maravilhoso , ver o outro lado dele , mesmo que de forma BEM mais rasa do que deveria ser , foi bem emocionante.
A Anastásia estava bem mais confiante nesse filme , apesar de ainda ser uma banana em algumas cenas.A evolução dos dois é bem lenta , até porque ninguém muda da água para vinho.
Mal posso esperar para ver o próximo filme e espero do fundo do meu coração que , ELES PEGUEM O LIVRO E USEM-O MAIS BEM USADO como base para o roteiro.
Ja assistiram ao filme ?O que acharam ?Okay pode ter parecido que não, mas eu gostei MUITO do filme haha É que  poxa vida poderia ter sido ainda melhor .
Me contem abaixo a opinião de vocês  e vamos bater um papo♥
Ciao, ci vediamo a presto ♥

Compartilhe:

0 comentários