O grande homem

  Preciso fazer várias coisas mas não consigo dar prosseguimento enquanto não dizer as seguintes palavras.

  Foi péssimo descobrir todas as suas molecagens. Foi horrível ser o assunto dos cochichos dos nossos antigos amigos. Foi muito ruim me passar por forte enquanto eu estava tão frágil. Não tinha tarja nenhuma que me impedisse de perceber você com uma das suas novas atuais, e o quão satisfeito estava ao lado dela lá naquele lugar que nós sempre estávamos juntos de mãos dadas. Mas você é um grande homem, não?! Tão pegador e sem amarras, eu atrapalhava sua vida e alguns dos seus esquemas. Parabéns pra você que me superou antes mesmo do namoro ter acabado. Seu radar assanhado já tinha capturado próximas vítimas. Que bom pra você ter o mundo todo para conquistar agora.

  Mas você é mesmo um grande homem, né?! Imagina quantas bocas deve estar beijando pra tentar provar pra si mesmo que existe beijo melhor que o meu?! Deve ser muito triste lembrar dos meus carinhos e então se lembrar que seu rosto minhas mãos não tocam mais. Ou, me ver passar de salto 15 e perceber que minhas pernas torneadas estão longe demais do seu alcance.

  O melhor você nem sabe: Eu não preciso sair "pegando" ninguém para eu ser feliz, para eu me sentir útil para algo, eu sou infinitamente mais EU. Eu sou a meu favor.

  Eu, tola, durante o namoro pensava que você havia se aposentado da sua caça às bocas. Eu me enganei. Inclusive, doeu saber que até pra cima das minhas amigas você tentou jogar sua rede. Mas é o ditado, "quem cai na rede é peixe". Infelizmente, pro meu azar, eu caí na sua rede. Infelizmente, pro seu azar, eu não sou peixe, eu sou é uma sereia mesmo u.u . E apesar de ter sido muito difícil abrir mão de você, antes de saber de todas as verdades a seu respeito, agora eu só melhoro a cada dia. Deve ser muito triste pra você me ver linda como se fosse parte de alguma vitrine excepcionalmente atraente, e não poder tocar. Só olhar.

  Aposto que deve ser horrível estar no seu lugar agora. Você esperava que eu fosse me importar? É, eu realmente me importei, mas por poucos dias. Entretanto, agora está claro que você não merece nem minhas lágrimas, nem minha companhia, nem o borrar do meu batom.

  Hoje quando cheguei naquela sala, mesmo sem te ver, eu senti no ar que você estava ali. Eu tava linda, né?! E chegar atrasada lá só foi mais um dos meus charmes. Eu estava ocupada vivendo minha vida. Meu sorriso estava estonteante. Meu cabelo estava num dia bom. Eu estava glamourosa, você não acha?!

  Deve ser muito triste ser você agora. Você teve apenas um pequeno pedaço da grande mulher que eu sou. Você pode ter se enganado nos braços de outra e se achado o máximo por isso, pensando estar ME enganando, mas saiba você que a melhor coisa que pode acontecer numa história que era pra ser a dois, é ter a certeza de que a existência de uma provável terceira pessoa vai fazer a você o que você fez a mim. E daí quem sabe você aprende.

Um brinde pra você que se achava tão esperto.

Compartilhe:

2 comentários

  1. Nossa, AMEI tanto esse texto que realmente não sei o que dizer. Tão empoderado e tão seguro de si, tudo de bom mesmo *o* Beijinhos, Beatriz.

    www.odiariodeumaescritorainiciante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir