"Mas também, olha a rua em que vocês estavam" |Desabafo|


Sábado , dia 19/11/2016
Aproximadamente 19:30 da noite .



Eu ,Pathy , a Tayná e uma amiga nossa fomos assaltadas por dois drogados em uma esquina de um hospital enquanto estávamos indo comprar um lanche depois de um dia intenso de trabalho .
Os dois chegaram em uma moto vermelha pedindo nossas coisas . A principio achamos que era algum amigo brincando até perguntamos :"O que?"
O cara da garupa se irritou desceu e mostrou a faca que estava na mão e foi para cima de nós .
A Tayná conseguiu esconder o celular e dela levaram somente a carteira .
A principio o cara pegou apenas meu celular e roubou a carteira e celular da nossa amiga .
Porém, quando já na moto, perceberam que eu tinha uma corrente de ouro desceram me deram um soco , mesmo eu não tendo reagindo, e levaram minha corrente deixando a gente em panico.
Ligamos pra policia, registramos o B.O  e ouvimos que esse moço já tinha sido preso pelo mesmo tipo de abordagem mas sempre se safava porque era de menor .
Voltamos pra casa em panico , desesperadas com tudo que aconteceu .
Começamos a avisar amigos que estávamos sem celular porque havíamos sido assaltadas .
Até que nos surge: "Ah vei , mas também , Olha a rua em que vocês estavam" 
Como assim "Olha a rua em que vocês estavam" ? É nossa culpa agora ter sido assaltada ?É isso?
Nós pedimos para ser assaltadas porque estávamos subindo uma rua de escola , com muitas pessoas , com guarda e tudo mais ? É isso mesmo?
Se eu tivesse sido assaltada frente a minha casa  a culpa ia ser minha por estar frente a minha casa?
Nós perdemos nossos pertences , tivemos o pscologico , desculpem a palavra , fudido porque dois caras decidiram que tinham direito de pegar o que foi conquistado com tanto suor , e a culpa é nossa?
Se for olhar esse ponto de vista ninguém sai de casa . Porque tudo que acontecer fora do seu portão é culpa sua .
Sabe o que me revoltou mais ainda?
Meu irmão mais velho me disse que ele sempre anda naquela rua com celular a mostra, ele e os amigos dele e NUNCA ninguém tentou nada.Ele disse que infelizmente esses furtos só acontecem com mulheres porque os assaltantes vê em nós fragilidade .
Ele ficou puto , eu fiquei puta , revoltada, triste, sem direção.
Estou aqui nesse momento em um estado de choque porque eu realmente não sei o que fazer.
Meu celular era novo , foi comprado com o suor do meu pai que se esforçou pra me dar um com a câmera boa porque ele sabe do meu amor por fotografia .
Minha corrente era mais que uma corda de ouro.Ela tinham um valor sentimental. E em questão de minutos todo esforço e suor se foram ,pararam na mão de drogados que muito provavelmente trocaram em dinheiro ou em "pedras".
Eu podia ter reagido? Podia . Dois caras com porte de grilo, três meninas.
Eu sou boxeadora , como minhas amigas disseram "um soco seu desmontava eles" mas eu não reagi .
Porque se algo desse errado minha vida e das minhas amigas estariam em perigo. Minha vida vale mais que um cordão e um celular .
E eu sou grata por ter levado apenas um soco e não uma facada .
Mas ao mesmo tempo estou revoltada , chateada e puta com a vida por ainda existirem pessoas que dizem "Ah vei , olha a rua em que vocês estavam''



As coisas ruins só são realmente ruins quando acontecem com a gente.
Faz sentido?
Bom para mim fez.  Inúmeras vezes vi e ouvi relatos de casos de roubos e coisas do tipo, mas, apesar de ter uma breve ideia de que era realmente algo assustador, a ficha só caiu mesmo quando aconteceu comigo.
Sempre ouvimos que não devemos reagir a um assalto, mas eu não consigo aceitar isso. No momento em que aquele "cretino" desceu na moto e apontou aquela faca para mim, no entanto, eu fiquei simplesmente paralisada. Foi tudo tão rápido... mas ainda assim consegui salvar meu celular.
Na hora eu estava com minha carteira na frente dele e quando o safado falou "pra eu passar as coisas" dei apenas a carteira e ele não viu o celular. Rapidamente levei meu celular para as costas e tentei escondê-lo no meu short, mas estava tremendo muito (enquanto isso um dos bandidos iam para cima da Pathy e o outro olhava para minha outra amiga, que tentava se afastar). Sem conseguir colocar o celular no short, ficaria muito óbvio se eu continuasse segurando atrás das costas, por isso joguei-o na grama e tentei cobri-lo com o pé (que ficou superficialmente sobre o celular na grama). Quando eles subiram na moto e foram embora, rapidamente peguei-o e ligamos para a polícia.
Depois que tudo passou, pensamos em diversas coisas que poderíamos ter feito e não fizemos, o que nos deixou indignadas com nós mesmas.


Mas sabem o que foi ainda pior?!
Hoje, dia 21 de novembro de 2016, fui com minha outra amiga que também foi assaltada na delegacia. Recebemos uma mensagem de um conhecido nosso falando que haviam achado a carteira dela e decidimos ir até a polícia primeiro para saber como agir.
Após ficarmos um bom tempo esperando para sermos atendidas, quando contamos para a mulher que nos atendeu, tentando saber o que fazer, fomos tratas de forma rude. Ela parecia não entender que não sabíamos o que fazer (afinal tínhamos feito um B.O. e pensamos que seria melhor informar primeiro a policia antes de ir pegar o item que acharam) e quando tentamos explicar novamente ela se estressou e aumentou o tom de voz ainda mais e um homem que estava ao lado dela disse "leva logo essas aí pra falar com um policial, se não vamos perder o tempo todo com elas". Eu realmente fiquei muito irritada e tive que me segurar para não falar merda para ele.
O policial que nos atendeu logo em seguida parecia tão perdido quanto a gente, perguntando o nome de ruas e localização do lugar sendo que já havíamos dito que éramos de outra cidade. Aí pensei: "Como um policial não sabe nem mesmo se localizar na cidade em que trabalha?!" o que me indignou ainda mais.
Depois que finalmente eles foram e trouxeram a carteira da minha amiga, disseram que não havia mais nada no local (isso que eles só levaram cerca de 10 minutos para irem e voltarem). 
Confesso que, antes de ir na delegacia hoje, eu acreditava que a polícia nos ajudaria. Mas depois disso tudo, eu percebi que a polícia não faria nada, para variar.
É triste isso. Eu realmente estou muito decepcionada com este país, onde a educação, saúde e segurança são tratadas como lixo, ou pior que isso. É nessas horas que sinto muita vergonha de ser brasileira. 



Compartilhe:

6 comentários

  1. É um absurdo tudo isso, quando leio ou passo por situações parecidas também me sinto da mesma forma :(
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
  2. Fico indignada quando o assunto envolve ladrão de menor e pela justiça ele não responde por seus atos.
    Acredito que vocês não devem se culpar por não ter feito nada, nesses momentos a gente tem medo e realmente se sente impotente. Em relação a polícia, realmente tenho que concordar que estamos sozinhas, não dá pra confiar no trabalho da justiça nesse país.
    Espero que possam superar esse momento tão ruim na vida de vocês e seguir em frente.
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leslie
      Realmente é revoltante toda situação e a posição da policia frente a isso..Muito obrigada pelo seu apoio ♥

      Excluir
  3. Olá!
    Meu Deus! Que susto! Ainda bem que vocês estão todas bem. Infelizmente, não foram só os pertences que foram roubados... junto com ela a sensação de proteção, segurança!
    Espero do fundo do coração que estejam todas bem e que nunca passem por isso novamente.

    Beijos e fiquem bem.
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Monica ,
      Infelizmente é realmente essa sensação de insegurança que estamos vivendo..
      mUITO Obrigada pelo seu apoio ♥

      Excluir