Um pouco sobre meu cabelo.




Quando era  pequena eu passei por algumas transformações no meu cabelo e sofri um pouco por não me conformar com o jeito que ele estava .
Desde que nasci e ate por volta de  6 anos, o meu cabelo era liso e um pouquinho ondulado nas pontas , muito lindo , brilhoso e cumprido .


(Essa foto e de quando eu tinha uns 3 ou 4 anos , mas da pra ver que meu cabelo so tinha umas ondas nas pontas .)
Quando eu tinha uns  6 pra 7 anos eu tive uma doença , não sei ao certo, mas minha mãe disse que era catapora , só  que apenas na cabeça , meu couro cabeludo na parte da frente ate o meio da cabeça ficou todo ferido  e a unica solução foi deixar meu cabelo joãozinho .
Não tenho nenhuma foto dessa época porque eu não gostava de mim daquele jeito , sentia muita vergonha principalmente por causa das piadinhas que faziam sobre meu cabelo que ficou curtinho , crespo na frente e liso atras , ressecado  e duro .
Na época eu nem minha mãe sabíamos cuidar do meu cabelo , e conforme ele ia crescendo e virando "Juba de leão " , mainha ia amarrando ele , fazendo trancinhas , coques , rabos de cavalo , eu usava ate aquelas max faixas pra tampar a frente dele . eu detestava meu cabelo e queria ele liso e "perfeito " como antes.
Quando eu fiz uns 9  ou 10 anos (não lembro com muita exatidão ) , fiz relaxamento no cabelo pela primeira vez e eu simplesmente ameeei , ficou como eu sempre sonhei  , meu cabelo esta de volta .

(Primeira química que eu fiz, não tem outra melhor então vai essa mesmo)

Só que como nem tudo são flores .... com 3  meses a raiz já começou a saltar e  cada vez mais eu fazia o relaxamento na ânsia do cabelo perfeito.
Eis que meu cabeleireiro sumiu   e eu fiquei um tempão sem passar nada no cabelo , e ate pensava  em usa-lo natural de novo só que rapidinho desistia por ter muita vergonha da minha "juba de leão ". Voltei a passar química de novo , dessa vez   fiz a famosa  definitiva, fiquei uns  2 anos passando até que eu tive a "brilhante ideia" de  mudar de cabeleireira . A creatura sem tino passou formol no meu cabelo e  tive um corte químico , com trauma  fiquei mais um ano sem passar química .
Eis que eu voltei de novo pra minha antiga cabeleireira  passando dessa vez  definitiva na raiz e selagem no comprimento , ficava lindo e menos ressecado e tinha meu cabelo liso , só que começou a me incomodar .. todo retoque meu cabelo ficava lambido e meu rosto parecia uma bola de futebol ...decidi para de passar química em dezembro de 2013  após meu ultimo retoque


 e entrei na chamada transição capilar que eu nem conhecia na época .
Cara, foi difícil , muito difícil , meu cabelo nos primeiros meses cresceu áspero, sem forma ,duro , nenhuma hidratação resolvia e eu quase desisti , ate que um dia assistindo videos do youtube ,vi um vídeo da Bruna Caixeiro em que ela contava a historia da transição dela  e cara eu me senti encorajada  . Conheci o cronograma capilar, não segui e nem sigo a risca , as hidratações começaram a fazer diferença no meu cabelo ele começou a ficar maleável e eu amei .


Nessa foto eu estava com 5 meses de transição .(ignore o sorriso falso e a cor de minion)

Tentei  fazer texturizações mas não dava certo porque meu cabelo estava comprido demais .


Ate que em junho cortei um pouco do cabelo  , mas mesmo assim a texturização não pegava  ,então fiquei o ano de  2014 todinho com rabo de cavalo , coques e de vez enquanto trança .


No começo desse ano meu cabelo estava enorme , mesmo levando em conta o fator encolhimento , e eu meio que estava enjoada dele  desse jeito , ate que no dia  13 desse mês eu resolvi passar a tesoura nele , sozinha mesmo , cortei bastante , não o suficiente para tirar toda a química porque so tenho 1 ano e um mês de transição mas o suficiente pra texturização pegar .


Minutos antes de eu cortar .

Depois de cortar .

E não é que pegou e eu simplesmente amei , amei minha juba , minha arapuca , fuá ou seja la o apelido que já deram pro meu cabelo.
Hoje sinto mais confiança  em mim mesma , sinto uma liberdade , mesmo sabendo que meu cabelo ainda tem um pouco de química nas pontas ,sinto que não tenho a dependência da química, não preciso ter um cabelo escorrido pra ficar bonita , não preciso de ditadura de chapinha nenhuma para me sentir  bem .

Gente pra fazer comentários que "deveriam" me deixar pra baixo tem  , tem de monte mas eu to ocupada de mais  cuidando do meu cabelo pra dar atenção a opinião alheia .






Muás :*

Compartilhe:

0 comentários